terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Árbitragem TOP de linha na final do CLAUSURA 2013 !!!

A Liga Clausura acabou de confirmar o árbitro para a finalíssima de Sábado (21/12/2013), 16 horas, entre TRÊS FIGUEIRAS e Napoli. 

Trata-se de Jean Pierre Gonçalves Lima, 34 anos, natural de Pelotas (RS). Formado em Educação Física, "Vin Diesel", como é conhecido no meio futebolístico, possui um currículo invejável dentro da CBF. Recentemente apitou a última rodada do Brasileirão Série A entre Goiás 0 x 3 Santos.

O pelotense tem no currículo dois clássicos Gre-Nais. Jean Pierre apitou os clássicos 386 e 396. No primeiro Gre-Nal a vitória foi do Grêmio; no segundo, quem venceu foi o Internacional.










Nos anos anteriores, a Liga Clausura já havia feito grandes investimentos para que a final fosse disputada "sob os olhares" de grandes árbitros gaúchos.


Em 2011, Márcio Chagas da Silva apitou a vitória de 2 x 0 do Lokomotiv sobre o TRÊS FIGUEIRAS. 


No ano seguinte, Francisco da Silva Neto comandou a final entre TRÊS FIGUEIRAS e Lokomotiv. Desta vez, o FIGUEIRA levou a melhor e conquistou o BI-CAMPEONATO DO CLAUSURA !!!


Parabéns à Liga Clausura, certamente o jogo estará em grandes mãos!!!





"VAMOS FIGUEIRA, QUEREMOS A TERCEIRA COPA" !!!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Estamos em MAIS UMA FINAL do Clausura! QUEREMOS NOSSA TERCEIRA COPA...

O TRÊS FIGUEIRAS entrou no Cantegril no último Sábado (14 de Dezembro) em busca de sua 4ª final de Clausura em cinco edições. O adversário na semifinal foi o Pirapora, tradicional adversário na várzea Porto-Alegrense. Na preliminar do dia, também valendo vaga para a final, Napoli e Moinhos enfrentaram-se buscando uma vaga à inédita final para ambas equipes. E o Napoli levou a melhor, vencendo o jogo por 3x2!

Na partida de fundo e mais esperada do dia, o FIGUEIRA mostrou muita vontade, futebol e raça para conquistar a vaga para mais uma final de Copa! O time comandado por João Paulo Azambuja esteve atrás do placar por duas vezes e conseguiu o empate com uma destacada atuação da sua dupla de ataque (Luquinhas e Rolim), além de uma partidaça do goleiro Fábio, confirmando sua fama de pegador de pênaltis! 

O TRÊS FIGUEIRAS foi a campo com: Fábio, Bráulio, Gordo, Bruno e Adílson; Mosca, Guiga, Alves e Christian; Luquinhas e Rolim. Completaram o grupo os atletas Kbeça, Ramos, Ramires, Paulista, Kurban e Orelha.





O 1º tempo de jogo começou morno, com muitas faltas no centro do campo e poucas chances de gol. Aproveitando-se de um ataque veloz, o Pirapora abriu o marcador com um belo gol de fora da área, sem chances para o goleirão Fábio Santos: TRÊS FIGUEIRAS 0 x 1 Pirapora. O 1º tempo ainda contou com duas oportunidades de gol para o FIGUEIRA que foram arrematadas para fora nos minutos finais.

No intervalo, muita conversa e confiança por parte dos diretores da esquadrilha tricolor, que sabiam da qualidade do seu time e acreditavam na virada nos 45 minutos finais.

O time voltou com a mesma formação inicial e pressionou o Pirapora no seu campo, que contra-atacava com muita velocidade para tentar matar o jogo. Porém, aos 20 minutos do 2º tempo, em bela jogada do lateral Adílson pela esquerda, Luquinhas apareceu na pequena área para escorar o cruzamento e empatar o jogo: TRÊS FIGUEIRAS 1 x 1 Pirapora!

Logo em seguida, após falta dura, o zagueiro do Pirapora recebeu o 2º amarelo e foi expulso de campo. O treinador João Paulo mexeu no time e mandou a campo Ramos, Paulista e Orelha, nos lugares de Gordo, Christian e Luquinhas!

O jogo ficou truncado e com poucas chances para o FIGUEIRA buscar a virada. Numa destas tentativas de gol, o FIGUEIRA deu espaços e foi punido com um novo contra-ataque, sofrendo um revés aos 35 minutos de jogo: TRÊS FIGUEIRAS 1 x 2 Pirapora.

Após o gol, o Pirapora não quis mais saber de futebol e fechou-se defensivamente, isolando diversas bolas para fora do campo, já comemorando a "vitória" e a "vaga para a final"...

Mas, esqueceram-se da regra básica do futebol: "o jogo só termina quando o juiz apita o final da partida".

O FIGUEIRA, então, partiu pro "tudo ou nada" com praticamente os 11 homens no campo ofensivo...

E, no apagar das luzes, após o árbitro Sueco dar 3 minutos de acréscimos, uma confusão na parte de fora do campo paralisou a partida por mais 2 minutos...Na volta, o árbitro Sueco acrescentou 2 minutos que foram suficientes para o ATUAL CAMPEÃO empatar o jogo e levar tudo para os pênaltis: após sofrer falta pela direita, o liso atacante Orelha recebeu a bola na ponta e cruzou a meia altura para o matador Rolim (autor de 52 gols na história do FIGUEIRA) empatar o jogo aos 49 minutos do 2º tempo, para explosão da massa tricolor: TRÊS FIGUEIRAS 2 x 2 Pirapora!

Não havia tempo pra mais nada e o árbitro encerrou o jogo na saída de bola do adversário...

O FIGUEIRA tinha certeza que iria para a final...o time mostrou vontade, muito futebol e acreditou na vaga até o último segundo. Não seria justo ficar fora desta decisão!

Nas penalidades, o TRÊS FIGUEIRAS converteu todos os gols (Adílson, Alves, Bráulio, Bruno, Guiga, Mosca e Paulista) e o arqueiro Fábio operou um milagre na 7ª cobrança do Pirapora e carimbou o TRÊS FIGUEIRAS na sua 4ª final de COPA em cinco edições: TRÊS FIGUEIRAS CLASSIFICADO!!!

Agora, teremos pela frente a jovem e qualificadíssima equipe do Napoli, único time que conquistou uma vitória sobre o FIGUEIRA na 1ª fase e que mostrou um futebol muito eficiente.

No próximo Sábado, a partir das 16 horas, TRÊS FIGUEIRAS e Napoli entrarão em campo buscando o tão sonhado caneco do CLAUSURA 2013!

Para o TRÊS FIGUEIRAS, será a chance de conquistar o TRI-CAMPEONATO da competição;
Para o Napoli, a chance de conquistar um título inédito.

Façam suas apostas!


TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA:
"Um time pronto pra qualquer peleia"!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Chegou a hora! Vamos em busca da 4ª final em 5 participações!!

Neste Sábado (14/12), o TRÊS FIGUEIRAS entrará em campo contra o Pirapora, em partida válida pela Clausura 2013. O vencedor do duelo estará classificado para a final da competição, contra o vencedor do jogo entre Moinhos x Napoli. A partida iniciará às 16 horas no Clube Cantegril, em Viamão!

O FIGUEIRA, atual CAMPEÃO do Clausura, buscará sua 4ª final em 5 anos da Liga. 

Em 2009, na 1ª edição do Clausura, o TRÊS FIGUEIRAS conquistou o título com uma vitória de 4x1 sobre o tradicional rival, Lokomotiv !!!

Já em 2010, a equipe foi eliminadas nas semifinais da competição mas venceu o União Racing na disputa do 3º lugar (Santos campeão). 

Em 2011 e 2012, novamente TRÊS FIGUEIRAS e LOKOMOTIV chegaram às finais e fizeram dois jogos espetaculares. 

No ano de 2011, o Lokomotiv conquistou de maneira inédita a competição. Na final, levou a melhor e venceu por 2x0, conquistando o título com muito merecimento. 

No ano seguinte (2012), na estreia do treinador João Paulo Azambuja, o TRÊS FIGUEIRAS deu o troco e sagrou-se o ÚNICO BI-CAMPEÃO DO CLAUSURA, vencendo por 4x3 numa partida eletrizante, com destaque para o centroavante Diogo Coelho, autor dos quatro gols na final e eleito o melhor jogador da competição !!!




















Neste ano, o FIGUEIRA fez uma campanha de destaque na primeira fase, classificando-se em 2º lugar entre as 8 equipes:



"Amanhã é o dia de provarmos que merecemos o TRI-CAMPEONATO da competição."

"ESTAMOS FOCADOS, COM SANGUE NO OLHO E MUITA VONTADE DE VENCER..."

TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: Um time pronto pra qualquer peleia !!!











segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Três Figueiras: novidades!

Após um longo período em que o blog esteve em atualizações, o TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA foi eliminado do 1º turno do Parque no mês de Junho! O Moinhos venceu o Huracán na final e garantiu presença na finalíssima do campeonato que será disputada somente no início de Novembro, devido aos inúmeros problemas por parte da DIRETORIA da Liga.

Desta forma, o TRÊS FIGUEIRAS entrou no 2º turno "mordido", disposto a erguer o tão sonhado caneco do Parcão. A campanha foi considerada bem positiva, com 3 vitórias e 1 derrota...Nas Quartas-de-finais, o Figueira encarou seu mais tradicional rival: Lokomotiv.

Num jogo bem truncado e com poucas chances claras de gol, o resultado de 0x0 levou a decisão de vaga para os pênaltis. Mosca, Christian, Beckel e Gordo marcaram suas cobranças e o goleirão improvisado João fez uma grande defesa, garantindo a vitória por 4x2 e a consequente classificação às semis do 2º turno.

Agora, o Figueira irá enfrentar o atual campeão do Parque e campeão Municipal da Série A: Viclen! O jogo deverá ocorrer somente no final de Outubro, por falta de datas e disponibilidade do campo.

Sendo assim, neste mês de Setembro, o Figueira buscará manter o "cinturão" de campeão do Clausura, numa competição que será realizada no Cantegrill, em Viamão.

Nas edições anteriores, o TRÊS FIGUEIRAS sempre "chegou":

2009 - CAMPEÃO - 4x1 em cima do Lokomotiv;
2010 - 3º Lugar
2011 - VICE-CAMPEÃO - 0x2 a favor do Lokomotiv;
2012 - CAMPEÃO - 4x3 em cima do Lokomotiv.

Neste ano, TRÊS FIGUEIRAS, Lokomotiv, Moinhos, Pirapora, Napoli, Santos, Gaudério e Millionários estarão na disputa pelo caneco!

Certamente o campeonato será duríssimo!


foto: TRÊS FIGUEIRAS 1 x 1 Millionários (amistoso - 14/09/2013) - Gol: Beckel



TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: "Um time pronto pra qualquer peleia"

domingo, 9 de junho de 2013

TRÊS FIGUEIRAS conquista vitória importante sobre o atual campeão Viclen e garante vaga à sua 3ª semifinal do Parcão!!!

No último Sábado (08/06), o Três Figueiras Futebol e Raça entrou em campo para buscar uma vaga entre os quatro melhores times do Parcão 2013! Jogando contra o atual campeão do Parque e campeão Municipal de POA em 2012, o time comandado pelo treinador Russo estava disposto a fazer uma partida "épica". E foi justamente o que ocorreu! Escalado com Fábio, Beckel, Gordo, Bruno e Teco; Guiga, Dudu, Alves e Christian; Luquinhas e Rolim, o Figueira mostrou que realmente está preparado para erguer o inédito caneco!

Com um grupo praticamente completo, o Figueira fez uma partida impecável e venceu por 2x1, com gols de Dudu e Nius. Sempre melhor na partida, os guerreiros tricolores vestiram o tradicional manto branco, com calções pretos e meias verdes. O 1° tempo foi de domínio total do Figueira, tanto na posse de bola quanto nas oportunidades de gols que paravam no bom arqueiro adversário. Apesar do empate em 0x0 na 1ª etapa, o grupo mostrou muita tranquilidade e confiança na classificação à sua 3ª semifinal do Parque em apenas 6 edições! 

O 2° tempo começou com o atacante Nius no lugar de Luquinhas (machucado). E o Figueira seguiu em cima até abrir o marcador aos 20 minutos do 2° tempo, em bela jogada individual do volante Dudu Costa: TRÊS FIGUEIRAS 1 0 Viclen

Logo em seguida, o adversário teve um atleta expulso e o jogo "pegou fogo"! O treinador Russo colocou Correa no lugar de Teco e Mosca substituiu Guiga na meia cancha.

Após desperdiçar duas oportunidades para definir o jogo, o adversário chegou ao empate numa falta lateral, aos 30 minutos de jogo...TRÊS FIGUEIRAS 1 1 Viclen

Parecia que o jogo iria para os penaltis... Até que, aos 35 minutos do 2° tempo, Dudu fez grande jogada pela direita e cruzou para Nius: o centroavante deu um carrinho e bateu no canto, bem defendido pelo goleiro adversário que espalmou para escanteio. Na cobrança, o capitão Beckel alçou a bola no 2° poste e encontrou Nius, sozinho, para deslocar o arqueiro e colocar a bola na gaveta, num golaço: TRÊS FIGUEIRAS 2 x 1 Viclen. "La hinchada de Figueira que nunca abandona" foi à loucura com o testaço de "Eduardo Nius Vettel"!!!

O treinador Russo tratou de fechar o time e fez diversas mudanças: Ramos, Vicente, Paulista e Birnie entraram. O adversário ainda teve mais dois atletas expulsos antes do apito final... Nos últimos segundos, Nius ainda teve a chance de ampliar o marcador mas a bola não entrou por detalhe. 


FINAL DE JOGO, TRÊS FIGUEIRAS CLASSIFICADO PARA MAIS UMA SEMIFINAL DO PARCÃO!


Nas edições anteriores, o Figueira parou nos times que viriam a conquistar o título: em 2009, um empate sem gols e uma derrota por 0x2 pro Treze e, em 2011, dois empates com o Moinhos levaram à decisão para as penalidades, onde o Figueira acabou derrotado.

Desta vez, o Figueira chegará mais "cascorado" e com três títulos na bagagem: o Bi-Campeonato do Clausura (2009 e 2012) e o título da Verano Cup (2011).

O adversário será o tradicional Huracán que venceu o Pirapora por 1x0 nas Quartas-de-finais. No outro lado, Moinhos e Vila Real duelam por mais uma vaga nas finais.

Certamente o Parcão irá "parar" neste final de semana.


Foco na vitória, muito respeito e humildade com o adversário. 







"TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: Um time pronto pra qualquer peleia"

domingo, 14 de abril de 2013

Vitória com autoridade: TRÊS FIGUEIRAS estreia com atuação de luxo e vence o clássico frente ao forte Lokomotiv por 3x0...

Sábado, 13 de Abril de 2013:

Figueira entrou em campo na estreia do Parcão após cerca de 4 meses sem partidas oficiais. Além da “ressaca” após o BI-Campeonato do Clausura, os comandados de Russo defendiam uma invencibilidade de seis partidas oficiais, sendo cinco vitórias seguidas...
O time foi a campo com: Fabio, Beckel, Ramos, Bruno e Teco; Guiga, Dudu, Christian, Alves; Nius e Rolim. À disposição no banco de reservas, o tricolor contava com: Corrêa, Pablo, Diego, Vicente, Mosca, Tiozinho, Paulista e João.
O jogo começou com o domínio do Figueira, que buscava as jogadas pelo chão, mas o jogo ainda era muito peleado, com faltas centrais que não levavam perigo aos goleiros naquela tarde ensolarada. O Três Figueiras chegava sempre com uma bola parada perigosíssima, cobrada pelo capitão Beckel, onde o Loko levava vantagem em quase todas as bolas alçadas tendo um time mais alto.
Até que, aos 45 minutos da 1ª etapa, o mesmo Beckel ajeitou a bola pelo flanco esquerdo e cruzou na área adversária... Nius brigou por cima e a bola sobrou na entrada da área para o meia Alves abrir o placar num belo chute de voleio: TRÊS FIGUEIRAS 1 x 0 Loko. Era o último lance do 1º tempo...
No intervalo, todos sabiam que o Figueira vinha fazendo um grande jogo mas que aquele resultado magro seria pouco para segurar nosso mais tradicional adversário.
Portanto, o treinador Russo orientou à equipe para marcar sob pressão, buscando o 2º gol logo no início do tempo complementar.
Porém, o jogo começou morno e o Figueira teve um atleta expulso num lance confuso e equivocado do árbitro: o zagueiro Ramos, que já havia recebido o cartão amarelo no 1º tempo, sofreu uma dura falta na lateral do campo e “voou” até o banco adversário, batendo suas costas na tela e no banco de reservas. Ele levantou-se e caminhou até o adversário para “tirar as caras” e recebeu o 2º amarelo sem nem ter tocado no atleta do Lokomotiv, fato este que indignou todos integrantes do Três Figueiras.
Com um atleta a menos e um escore apertado, coube ao guerreiro Vicente Sartori retornar aos gramados após quase 10 meses parado, ocupando uma posição que poucas vezes havia atuado: zagueiro. Paulista e Mosca entraram para dar um novo gás ao time...
O que parecia uma “tragédia”, acabou em descontrole após uma bela jogada pela direita do lateral Beckel...após tantas tentativas na bola parada, ele disparou um “cruzamento venenoso” que enganou o arqueiro adversário e estufou às redes, dando uma maior tranquilidade à esquadrilha tricolorTRÊS FIGUEIRAS 2 x 0 Lokomotiv.
Logo em seguida, num lance isolado, Dudu sofreu falta e segurou a bola no chão...o adversário veio, empurrou o atleta tricolor e o árbitro expulsou ambos para fora de combate!
Depois do gol e das expulsões, o técnico João Paulo fechou o time quando o relógio já marcava 40 minutos: Corrêa e João entraram e o Figueira ficou com um time mais leve...com isto, o Lokomotiv atirou-se para o campo ofensivo para descontar o placar mas foi o Figueira quem marcou: num contra-ataque, Mosca dominou a bola no meio de campo, atravessou o campo sozinho e teve muita calma para deslocar o goleiro adversário e definir o placar: TRÊS FIGUEIRAS 3 x 0 Lokomotiv!
Foi apenas a estreia mas, certamente, Figueira mostrou que entrou para ser CAMPEÃO!



quinta-feira, 11 de abril de 2013

E a bola vai rolar no PARCÃO 2013!!!


Neste Sábado (13 de Abril), doze times iniciam a temporada no Campeonato mais disputado da várzea Porto-Alegrense.

Além do Figueira, Lokomotiv, Moinhos, Huracán, Pirapora, Santos, Viclen, Vila Real, Inter, Napoli, Barão e Bagio lutam pelo título do Parcão 2013!

O Três Figueiras, após a conquista do Bi-campeonato do Clausura no final do ano passado, entrará em campo neste Sábado, às 14 horas, contra nosso mais tradicional adversário: Lokomotiv. 

O Figueira não perde uma partida oficial desde o dia 20 de Outubro de 2012 (quase seis meses). De lá para cá, foram 6 jogos, com 5 vitórias, 1 empate e 1 caneco no armário!!!

Também neste jogo, haverá a abertura oficial da competição, com o hino rio-grandense e a presença ilustre do prefeito José Fortunatti para dar o tradicional “pontapé inicial”!


Ambas equipes chegam com condições de erguer a taça de maneira inédita, uma vez que decidiram recentemente o Clausura 2012 numa partida em que o Figueira venceu por 4x3 e levantou o 2º título do Clausura!


"Nós precisamos do teu apoio! O Parque vai parar mais uma vez para este clássico!!!"



TRÊS FIGUEIRAS x LOKOMOTIV

Sábado (13/04) - 14 horas




"TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: Um time pronto pra qualquer peleia!"





Campeão do Clausura 2009: Três Figueiras 4 x 1 Lokomotiv!




        
Vice-Campeão do Clausura 2011: Três Figueiras 0 x 2 Lokomotiv!





Bi-Campeão do Clausura 2012: Três Figueiras 4 x 3 Lokomotiv!





...mais que um time: uma familia!



quarta-feira, 27 de março de 2013

TRÊS FIGUEIRAS completa 5 anos : Amizade, respeito, humildade, futebol e raça...esse é o FIGUEIRA!!!


1ª ESCALAÇÃO: PARCÃO 2008!




1º TÍTULO: CLAUSURA 2009 E 3º LUGAR NO PARCÃO 2009!!!




ANO 2010: Temporada ruim e muitas mudanças no time...




2º TÍTULO: CAMPEÃO DE VERÃO E 3º LUGAR NO PARCÃO 2011!!!




3º TÍTULO: BI-CAMPEÃO DO CLAUSURA 2012!!!



"TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: UM TIME PRONTO PRA QUALQUER PELEIA"

domingo, 10 de março de 2013

Temporada 2013: Figueira retoma treinos visando título inédito!

          O Três Figueiras voltou! Depois de quase três meses de merecidas férias após a conquista do Bicampeonato do Clausura, o tricolor encarou dois amistosos na última semana. 

         Na Segunda-feira (04/03), o Figueira enfrentou o jovem e bom time da Azzurra, mas saiu derrotado por 1x2 (gol de Birnie) numa partida morna e pouco efetiva da esquadrilha tricolor. O time foi a campo comandado pelo volante Vicente Guerreiro, que esta em fase final de recuperação após uma parada de quase oito meses. O dirigente Felipe Silva, o Gralha, também compareceu ao amistoso.

         Já no último Sábado (09/03), com o time bem mais completo e entrosado, o Figueira amassou os Seguidores de São Jorge durante os 60 minutos e goleou por 4x0, mostrando o bom futebol e vibração que levaram o time ao Bicampeonato do Clausura (09/12). Comandados pelo treinador João Paulo Azambuja, o Russo, o Figueira testou uma nova formação para a temporada 2013: 3-4-3. Fabio, Gordo, Ramos e Rafael; Beckel, Guiga, Dudu e Christian; Alves, Luquinhas e Diogo "Coelho". 

         Aos 8 minutos da etapa inicial, o centroavante Diogo "Coelho" (autor dos quatro gols na final do caneco passado) levou uma pancada e foi substituído por Gustavo Rolim (maior goleador do Três Figueiras com 46 gols). Logo em seguida, Beckel recebeu grande passe de Dudu e entrou na área para soltar uma bomba no ângulo do adversário e abrir o escore: TRÊS FIGUEIRAS 1x0! Aos 15 minutos, após rebote da zaga, a bola novamente foi alçada na área para Luquinhas marcar um dos gols mais bonitos do Figueira: o atacante dominou a bola, deu um lençol espetacular no zagueirão e bateu no canto do goleiro para ampliar o marcador, TRÊS FIGUEIRAS 2x0! Então, foi a vez de Gustavo Rolim assinar uma pintura no campo da PUC: do meio da rua, com o goleiro adiantado, ele disparou um chute seco que morreu no fundo do gol: TRÊS FIGUEIRAS 3x0! Pablo entrou na defesa e confirmou uma grande atuação de todos os zagueiros na tarde. Num lance genial aos 45 minutos do jogo, Rafael puxou um contra-ataque e lançou Luquinhas na ponta direita... ele dominou e fez um cruzamento perfeito pro zagueiro definir o marcador: TRÊS FIGUEIRAS 4 X 0 Seguidos de São Jorge !!!

         O placar confirmou o que foi o jogo: um domínio completo e o dever cumprido. Agora, treinos e amistosos servirão de preparação para a temporada que inicia da mesma forma que terminamos 2012: vencedora!



Só o tempo dirá aonde este time poderá chegar...



"TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: um time pronto pra qualquer peleia"



sábado, 15 de dezembro de 2012

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

FINALÍSSIMA: TRÊS FIGUEIRAS x LOKOMOTIV



          Após 42 jogos, muitos gols, lindas jogadas, disputa e bom futebol, chegamos a grande final do Clausura 2012. O ato final do certame reunirá os dois mais tradicionais times da competição. Lokomotiv e Três Figueiras têm em comum o companheirismo e a idealização deste que já é um dos melhores campeonatos da nossa várzea. São as duas únicas equipes a participar das quatro edições do torneio e farão no próximo sábado sua terceira final de Clausura. A campanha de ambas as equipes foi muito parecida, com um aproveitamento linear, sem grandes oscilações no decorrer dos cotejos. Tecnicamente, os dois times não renderam tudo o que são capazes, mas mesmo assim, chegam fortemente credenciados para essa final. No sábado teremos a famosa “nêga”, o desempate…

            Quem será o primeiro bicampeão do Clausura? Lembramos que o vencedor levará como prêmio R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais), mais um fardamento completo de 18 peças, além dos tradicionais troféus e medalhas. O vice-campeão embolsará R$ 700,00 (setecentos reais). O clássico promete muita disputa e bom futebol, a arbitragem, sob responsabilidade de Márcio Chagas será mais um diferencial. Que a amizade prevaleça e o mais competente levante o caneco! Bom jogo a todos.

Serviço da partida:

Três Figueiras x Lokomotiv 
Sábado - 15/12/2012 – 16h
Arbitragem: Márcio Chagas
Cantegril Clube – Viamão/RS

Maiores informações: http://clausura.com.br/blog/

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

"Copada de Figueira" e nova chance de levantar o caneco: TRÊS FIGUEIRAS 2 x 0 Millonários!


          Sábado, 8 de Dezembro de 2012, 12 horas: mais uma tarde especial com todos os ingredientes de um grande jogo para os guerreiros do Três Figueiras Futebol e Raça! Sol forte, um tapetão lindo e um grupo completamente motivado para chegar a 3ª final de Copa em quatro edições. Do outro lado da cancha, o Millonários chegava à sua primeira semifinal de Copa após eliminar o Moinhos de Vento nas Quartas-de-finais. No jogo de fundo, o Lokomotiv conquistou uma sofrida mas copeira vitória por 1x0 sobre o Gaudério e incendiou ainda mais a final (Figueira x Loko = rotina) do próximo Sábado no Clube Cantegril: em quatro edições, Três Figueiras e Lokomotiv enfrentam-se pela 3ª vez, em igualdade de títulos (1x1).

            O jogo entre Figueira e Millo foi de grandes emoções, lances duros e, algumas vezes, desleais. Os comandados de Russo foram a campo com a seguinte escalação: Ramos (não passa nada ôô...), Gordo, Rafael, Bruno e Machado; Dudu, Guiga, Alves, Christian e Nius; Diogo Coelho. Participaram do confronto: Pablo, Diego, Mosca, Paulista, Luquinhas e Rolim.

            O Figueira iniciou melhor e comandava o jogo, mantendo a posse de bola longe do gol do "arqueiro" Ramos. O Millonários jogava fechado, buscando o contra-ataque que sempre parava no sólido sistema defensivo da esquadrilha tricolor, com destaque para a fortíssima dupla de zaga. Após 45 minutos de pouco futebol de qualidade, a 2ª etapa iniciou-se com jogadas ríspidas e muitas chances de gol para o time do Três Figueiras, confirmando sua melhor campanha entre os participantes da competição.

            E não demorou em sair o 1º gol... em belo cruzamento pelo lado esquerdo, Nius subiu no 3º andar e escorou uma linda bola para Gordo marcar seu 5º gol com o manto sagrado: TRÊS FIGUEIRAS 1 x 0 Millonários!!!

            O jogo começou a ficar feio e com muitas entradas fortes de ambos os lados. O Millo precisava do empate para seguir vivo e foi à frente... o Figueira, com um futebol muito competitivo, fechou-se como pôde e segurou o resultado que confirmava a vaga à sua 3ª final de Copa!

            Após algumas alterações, Diego Ramires fez uma jogada espetacular pelo flanco esquerdo e rolou para o centroavante Gustavo Rolim que com muita categoria deslocou o arqueiro adversário para ampliar e definir o jogo: TRÊS FIGUEIRAS 2 x 0 Millonários!!! Este foi seu 45º gol em cinco temporadas pela esquadrilha tricolor...

Agora, chegou à vez de mais uma grande decisão!

            Figueira e Loko chegam com as melhores campanhas gerais no ano de 2012. Ambos possuem no cartel um título (2009 - TRÊS FIGUEIRAS, 2011 - LOKOMOTIV), um vice (2009 - LOKOMOTIV, 2011 - TRÊS FIGUEIRAS) e três finais em quatro anos (2009, 2011 e 2012!).

           O Três Figueiras leva uma pequena vantagem de ter conquistado o 3º lugar em 2010, único ano em que a Copa não fora decidida pelas duas maiores equipes/familias da várzea porto-alegrense! 

Façam suas apostas, Porto-Alegre vai parar com este clássico!!!


“TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: Um time pronto para qualquer peleia”

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Vitória, bom futebol, muita raça e classificação para nossa 4ª semifinal do Clausura: Três Figueiras 3 x 1 Huracán



         Uma verdadeira batalha foi travada no domingão de sol e céu azul com dois clássicos “parando” Porto Alegre: TRÊS FIGUEIRAS x Huracán, em Viamão, e GRÊMIO x INTER, no último jogo do glorioso Estádio Olímpico Monumental.

         O Figueira entrava em campo com a vantagem no confronto, mas isso não bastava para os guerreiros ali presentes. O desejo da vitória era maior, todos estavam focados e concentrados para conseguir a esperada classificação para mais uma semifinal de Clausura.

         O jogo era complicado, com um goleiro improvisado (nosso artilheiro e “agora” arqueiro Diogo Coelho) e contra um qualificado e tradicional adversário.

        O Figueira foi a campo com: Diogo Coelho, Beckel, Rafael, Bruno e Machado; Guiga, Dudu, Christian, Nius e Luquinhas; Rolim. Participaram ainda: Pablo, Diego Ramires, Flávio, Mosca, Alves, Birnie, Baiano e Adriano.

         A peleia começou bem pra esquadrilha tricolor... Logo aos 40 segundos, ocorreu uma falta do lado esquerdo da grande área para o Figueira. O capita Beckel desferiu um cruzamento na medida, na entrada da área, para uma cabeçada certeira de Lucas Tavares... 1 x 0 Figueira.
        
         O jogo reservava mais emoções e, logo em seguida, em cobrança de falta despretensiosa, o adversário igualou o marcador em uma falha do sistema defensivo tricolor: 1 x 1.  O Figueira jogava melhor e com algumas chances de gol ia se aproximando do gol adversário. O primeiro tempo acabava em igualdade, resultado que garantia a esquadrilha tricolor em mais uma semifinal de Copa!
        
         O segundo tempo começava como acabara o primeiro, Figueira melhor no jogo e comandando as ações. O jogo era nervoso, muito brigado, com diversas interrupções e cartões para ambos os lados, ocasionando em diversas faltas laterais. Mas foi o Figueira que aproveitou a chance em nova bola alçada na área pelo improvisado lateral Beckel... O centroavante #9 Rolim deu uma casca na medida certa e a bola morreu no fundo do gol para estufar a rede e anotar seu 44º gol com o manto verde, preto e branco: TRÊS FIGUEIRAS 2 x 1 Huracán. O autor do gol conta que ouviu seu companheiro Christian falar: “Agora é o teu gol alemão, vai mete essa bucha que tu tanto queria”. Dito e feito!

         O jogo seguia nervoso e faltoso, mas o Figueira soube se segurar e sair nos contra-ataques. Em uma jogada de craque, o volante Dudu (que passou por três adversários – o último na famosa “meia-lua” - e atravessou o campo com a bola dominada) disparou em direção ao gol adversário e tocou para o meio da área onde estava o “nanico” Adriano que só empurrou pras redes para encerrar a partida e carimbar a vaga do Figueira na 4ª semifinal consecutiva de Copa. Placar final: TRÊS FIGUEIRAS 3 x 1 Huracán !!!

         Agora, teremos o surpreendente e sempre duro Millonários nas semifinais neste Sábado (08/12), a partir das 12 horas, em Viamão. O adversário vem com muita moral após eliminar nas Quartas-de-finais o “soberbo” Moinhos de Vento com uma vitória de 2x1...



- VAMOS COM TUDO! 180 MINUTOS SEPARAM NOSSA FAMÍLIA COPEIRA DO GRANDE OBJETIVO DE 2012!

- RESPEITO, HUMILDADE E MUITO COMPROMETIMENTO NESTA HORA...

“TRÊS FIGUEIRAS FUTEBOL E RAÇA: Um time pronto pra qualquer peleia”